Fundação

A Fundação Narciso Ferreira surge oficialmente em 1945 como a segunda fundação portuguesa do género, pela mão de 10 sócios fundadores: os sete filhos vivos e as três empresas criadas por ele, as duas de Riba de Ave e a Empresa Têxtil Elétrica, em Bairro. Nasceu "em memória piedosa e justa homenagem social prestada pelos instituidores ao fundador das fábricas que representam uma das mais produtivas atividades desta região e a honesta sustentação de centenares de família" lia-se no Artº 2º do Regulamento da Fundação. A Fundação foi de imediato dotada com 2 mil contos para início de capital, além da alienação de todos os edifícios existentes e mais seiscentos contos para a escola-cantina. Surgia como "uma obra de assistência e utilidade local, destinada a prestar auxílio económico e moral às famílias das freguesias e em especial às dos empregados e operários das fábricas pertencentes aos sócios fundadores" conforme Artº 1º do mesmo Regulamento.
Fundação Missão Mérito Estatutos Administração Atividades Homenagem Entrada Sobre a Fundação Património Informações Galeria Contactos Fundação Sobre a Fundação

Legenda

Em cima, festa de homenagem a Narciso Ferreira no dia do seu aniversário, depois de ter recebido as insígnias de Comendador. A cerimónica decorreu no salão nobre do Hospital Narciso Ferreira, em Riba de Ave, seguindo-se missa solene e almoço de confraternização num dos salões da Fábrica Sampaio Ferreira. Ao lado, um dos quatro sinos da igreja matriz de Pedome, terra natal de Narciso Ferreira, evocando-o.
Design by: PORTUDIGITAL